Perfil:
Orao E F


Arquivos:

Amigos (0)::


Colaboradores e pacientes se unem em Cerco de Jericó
09/07/2016 às 23:18

Colaboradores e pacientes se unem em Cerco de Jericó

 

Orações e missas diárias marcam programação do cerco, que é realizado na capela.

 
Colaboradores do Hospital Regional de Presidente Prudente “Doutor Domingos Leonardo Cerávolo” e do AME de Presidente Prudente estão unidos em uma intensa semana de oração e reflexão.
 
Trata-se do Cerco de Jericó, prática tradicional no cristianismo que visa “derrubar muralhas pela força da oração”. Pacientes e acompanhantes também são convidados a participar da atividade religiosa, que segue do dia 11 a 13 e 16 a 19 de novembro, na capela “Jesus de Nazaré”.
 
Ao longo dos sete dias de cerco, profissionais das duas unidades vão se revezar na vigília diante do Santíssimo Sacramento. A cada hora, novos colaboradores assumem o cerco, que é marcado por oração do Santo Rosário, leitura da Palavra de Deus e outras orações espontâneas. Todos os dias, às 15h, ocorre a Santa Missa, presidida pelo padre Paulo Nunes, capelão do HR e do AME.
 
Para encerrar o Cerco de Jericó, no dia 20/11, às 20h, o padre Fernando Henrique Guirado mais uma vez é convidado a celebrar a Missa de Cura e Libertação. A cerimônia será realizada no anfiteatro do HR.
 

Origem do Cerco de Jericó

 
Conforme a tradição cristã, um fato do Antigo Testamento mostra a conquista da cidade de Jericó pelos judeus, liderados por Josué (Js 6,1ss). Josué foi formado por Moisés, desde sua juventude, para substituí-lo.
 
A Bíblia revela que a mesma força que estava com Moisés, esteve também neste jovem, que ao assumir o encargo de dar continuidade na tomada de posse da terra prometida, recebeu a autoridade espiritual e o governo sobre as tribos de Israel. Esse é o objetivo do Cerco de Jericó: derrubar as muralhas pela força da oração.

 



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!